Singeperon divulga a fuga de onze presos na capital

Os detentos são de alta periculosidade, conforme o Sindicato dos Agentes Penitenciários.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Rondônia, divulgou nesta quarta-feira, 03 de abril, que onze presos de alta “periculosidade” fugiram do presídio Edvan Mariano Rosendo (Urso Panda), que fica na capital.

A fuga teria ocorrido no início da semana, conforme a confirmação da presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Rondônia (Singeperon), Dahiane Gomes.

De acordo com Dahiane Gomes no momento da fuga somente quinze agentes trabalhavam e seriam responsáveis sozinhos, por pelo menos 800 presos. O sindicato informou também que ninguém foi recapturado até o momento.

Os agentes apontaram no boletim interno, que os detentos que fugiram, teriam saído após o café da manhã. Mesmo havendo ‘monitoramento’ não foi possível saber como houve a fuga em massa, devido a péssima iluminação do presídio.

No final de semana, cerca de 28 detentos fugiram do presídio Ênio Pinheiro, que também fica em Porto Velho. Até o momento, apenas um foi recapturado.

A secretaria de segurança disse que as unidades prisionais do estado já não estão mais sob intervenção da Polícia Militar desde o dia 25 de março. O Singeperon alega que os policiais precisam estar nas guaritas dos presídios. Atualmente, câmeras fazem o monitoramento dos presos, mas ao que tudo indica, não os impede de fugir, mas o contrário.

FONTE: Com informações do Portal P1

promoção plan da sorte

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.