Polícia tenta prender Williames Pimentel, ex-secretário de saúde de Rondônia

Investigação aponta que servidores da Sesau pagavam ilegalmente por voos de táxi aéreo, que nem chegaram a decolar. Mandado a ser cumprido é de prisão temporária.

A Polícia Civil confirmou, nesta sexta-feira (29), que está tentando prender Williames Pimentel, ex-secretário de saúde de Rondônia. O mandado de prisão temporária foi expedido pela Justiça com base em uma investigação da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

Desde as primeiras horas da manhã, os agentes da Draco cumprem 13 mandados de prisão contra servidores da Secretaria de Saúde de Rondônia (Sesau), através da Operação Pouso Forçado.

Segundo a Polícia Civil, Williames teria participado de um esquema de contratação ilegal de táxi aéreo para transporte de medicamentos. O crime ocorreu enquanto ele era secretário da Sesau.

As investigações começaram há dois anos e revelaram que o grupo criminoso, dentro da Sesau, pagava a mais para uma empresa fazer voos de táxi aéreo. Porém, se descobriu que estes voos pagos com dinheiro público não chegaram a decolar.

G1 tenta localizar a defesa de Williames Pimentel.

promoção plan da sorte

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.