Já somam 13 presos na Operação Hookah em Jaru, RO

Os detidos estariam envolvidos com tráfico de drogas, inclusive.

 centro da cidade de Jaru (RO), na Região do Vale do Jamari, foi abalado pela Operação Hookah, que envolveu agentes militares e civis, nesta quinta-feira (21), no cumprimento de mandados de busca e apreensão que culminaram na prisão de ao menos treze pessoas suspeitas de envolvimentos ilícitos. Somente nesta quinta-feira, foram presas outras duas pessoas.

Segundo a polícia judiciária, as investigações levaram a apuração de que havia tráfico de drogas e aquisição de materiais ilegais no estabelecimento de nome Pub Hookah, que fica na Avenida Rio Branco, centro de Jaru.

Foram feitas apreensões de equipamentos de narguilé, equipamentos de som, dentre outros.

esta quinta, durante a segunda etapa da Operação Hookah, outros dois envolvidos foram conduzidos em mandado de prisão temporária, suspeitos de envolvimento. Eles foram conduzidos para a UNISP.

A Operação teve início em setembro de 2018, quando um empresário de Jaru, dono de uma distribuidora teria encomendado LSD por uma agencia de cargas.

Estabelecimento que pertence aos sócios presos na Operação.
Foto: Anotíciamais

A PM foi até o local para averiguar uma encomenda que teria sido encaminhada da capital Porto Velho, para o município de Jaru, distante 300 km, dando conta de que na verdade seriam comprimidos de uma droga identificada mais tarde, como sendo LSD.

A partir daí, deu-se início a uma série de vertentes dentro das investigações. Uma imagem numa rede social, que teria sido publicada com o número 33, alusão ao artigo para tráfico de drogas e um dos proprietários da Pub Hookah, também levou as investigações na identificação de vários envolvidos.

Fonte: Com informações do Portal P1, PM e PC de Jaru

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.