NÃO RESISTIU: Morre terceira vítima baleada por cabo da PM em bar

Valdemir de Jesus dos Santos, 36, morreu nesta terça-feira (15), no hospital João Paulo II. O homem é a terceira vítima fatal de um tiroteio promovido pelo cabo da Polícia Militar, Josevânio Silva Oliveira, 39.

 

Leandro de Souza Cardoso, 33, que também foi atingido continua internado. O crime aconteceu na madrugada do dia 6 deste mês em um bar na Rua Vila Mariana, zona Leste de Porto Velho. Das seis pessoas baleadas, duas morreram no mesmo dia na UPA da região.

 

Relembre o caso

 

 

Dois homens foram mortos a tiros na madrugada deste domingo (06), Erivelton da Silva Magalhães, 25, e Vadico da Silva, 41, e quatro pessoas baleadas, Catia Valéria Ana Cavalieri, 41, Agenor da Silva, 39, Valdemir Jesus Santos, 36 e Leandro de Souza Cardoso, 33. O crime praticado por um cabo da Polícia Militar, Josevanio S. O., 39, ocorreu em um bar localizado na Rua Vila Mariana com Anchieta, bairro Mariana, zona Leste de Porto Velho. O PM foi espancado após o crime.

 

Conforme as informações iniciais, houve uma confusão no bar que teria sido por causa de mulher entre o PM e o dono do estabelecimento, Agenor. Durante a briga, o policial teria sacado uma pistola e efetuado vários disparos. As vítimas foram socorridas para o hospital em veículos particulares, mas Erivelton e Vadico não resistiram aos ferimentos. Catia Valéria foi baleada no braço direito, Leandro no tórax , Agenor nas nádegas e coxa direita e Valdemir no tórax. Todos foram transferidos ao hospital João Paulo II.

 

Outros frequentadores do local revoltados espancaram o policial a pauladas e ele foi socorrido em estado grave. A arma do policial desapareceu após a tragédia. Com Vadico (morto) foram encontradas seis porções de cocaína.

 

fonte rondoniaauvivo

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.