Grávida baleada na barriga em Ouro Preto do Oeste terá o parto antecipado na Capital

Os médicos que acompanham a paciente aguardam o bebê atingir 2 quilos para realizar o parto em Chaiane.

A moradora de Ouro Preto do Oeste Chaiane Patrícia de Oliveira Gomes, 29 anos, grávida que foi alvejada com um tiro na região do abdômen na manhã do dia 27 de janeiro, quando estava com 30 semanas de gestação, permanece internada em Porto Velho, no Hospital João Paulo II.

O feto do bebê que Chaiane espera, que estava com 30 semanas de gestação no dia do crime, foi atingido no pé pela bala que atingiu ainda a placenta da vítima provocando perda líquida.

A Polícia Civil informou na manhã desta quinta-feira (7) que Chaiane terá o parto antecipado, e a equipe médica aguarda o feto atingir 2 quilos para realizar o procedimento cirúrgico na tentativa de salvar o bebê atingido por pólvoras do disparo efetuado Cláudio da Silva Santos, que foi capturado e preso pela Polícia Militar pouco depois de balear a vítima.

O crime aconteceu no Jardim Aeroporto. Cláudio perseguiu Chaiane pela rua 16 de Junho e disparou contra ela quase na esquina com a Avenida Gonçalves Dias, no trecho da avenida próximo à Panificadora Cestão. Ele tinha um mandado de prisão em aberto por crime de roubo.

Cláudio, ou “raio X” como é conhecido, foi localizado e preso pela Polícia Militar quando empreendia fuga do bairro caminhando a pé pelo bairro

Chaiane foi socorrida pela equipe de socorristas do Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Municipal Dra. Laura Maria Carvalho Braga. A paciente foi medicada, e diante do risco de vida para mãe e o bebê, ela foi encaminhada de ambulância para Ji-Paraná e depois para Porto Velho.

INVESTIGAÇÃO

a Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste apurou que Cláudio atirou em Chaiane por vingança, por ela tê-lo expulsado da casa porque estava levando produtos furtados ou roubados para dentro da residência.

Diferente do que foi publicado na reportagem do Correio Central no dia do crime, Cláudio é ex-cunhado de Chaiane e não amasio. Ele é separado da ex-mulher há quase 10 anos, e assim que saiu da Casa de Detenção foi convidado por Chaiane para dividir o imóvel com ela.

Testemunhas do bairro ouvidas pela polícia, relataram os momentos que antecedeu a tentativa de homicídio praticada por Cláudio que permanece preso na Casa de Detenção.

Fonte: www.correiocentral.com.br

promoção plan da sorte

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.