Garçom terá que devolver mais de R$ 326 mil ao Fundo Partidário

Lindomar Garçon

 

O ex-deputado federal Lindomar Garçon (PRB) foi condenado à devolução de mais de R$ 326 mil ao Fundo Partidário pela aplicação irregular de recursos na campanha eleitoral de 2018. O valor deverá ser corrigido e depositado nas contas do Tesouro Nacional.

A sentença foi publicada nesta semana no Diário Oficial da Justiça Eleitoral do Estado de Rondônia no acórdão ACÓRDÃO N. 408/2019. O relator do processo foi o juiz Ilisir Bueno. Garçom teve as contas reprovadas quando foi candidato nas eleições passadas.

 

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.