Consumidor processa Energisa após sua conta subir de R$ 530,00 para R$ 9,500,00

 Um morador do distrito de Tarilândia, ajuizou ação contra a Energisa denunciando práticas abusivas cometidas pela concessionaria.

O homem foi surpreendido por elevações exorbitante em sua fatura elétrica que chegou subir de R$ 530,00 mensais para até R$ 9.555,23.

O comerciante nos relatou que no mês de maio recebeu a primeira fatura elevada, o valor praticamente dobrou em relação sua média de consumo, R$ 1.111,87, diante a situação ele procurou um escritório da Ceron, onde recebeu a garantia de que a situação seria resolvida, mas ao contrário disto, seu nome acabou sendo negativado no sistemas de proteção ao credito, e a fatura subsequente veio no valor de R$ 5.785,83.

Já a fatura do mês de julho atingiu o valor de R$ 9.555,23, agosto R$ 8.567, e setembro R$ 9.131,00.

O jaruense obteve da justiça em 16/08, uma liminar que retirou seu nome do SPC e garantiu seu fornecimento elétrico até o julgamento do processo.

O consumidor nos disse ainda que participou de audiência de conciliação nesta sexta feira (12) no Fórum de Jaru com representantes da Energisa, porém a empresa se recusou a formular um acordo.

“Fizeram vistoria, porém não trocaram o medidor até agora! um descaso!” disse o consumidor que aguarda a decisão da justiça.

 

 

 

 

 

 

 

Comentarios

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus idealizadores.